quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Pela segunda vez Manoel Júnior é cotado para assumir um Ministério no governo Dilma

Médico, formado em medicina pela UFPB, com especialização em mastologia, o deputado federal Manoel Júnior é cotado desta vez para o Ministério da Saúde, novamente no governo Dilma.


Na primeira vez que o deputado foi cotado para uma Pasta, foi para o Turismo. Na época, em 2011, foi cogitado pelo PMDB o nome do parlamentar para assumir o Ministério do Turismo. Porém, depois de informações enviadas ao Palácio do Planalto, de que o deputado foi citado na CPI dos Grupos de Extermínio (2005), - que tinha como relator o deputado federal Luiz Couto (PT) - como sendo o mandante de um assassinato de um vereador no município de Pedras de Fogo, portanto, teve o nome vetado.

Vídeo em que Luiz Couto fala sobre a citação de Manoel Júnior na CPI dos Grupos de Extermínio:



Agora, nesta segunda vez, o parlamentar natural do município de Pedras de Fogo, onde começou sua carreira política, é novamente cotado para assumir uma Pasta, desta vez a da Saúde, sendo o favorito entre os deputados do PMDB, com ampla vantagem numa votação interna do partido. No entanto, pesa na escolha do peemedebista, uma declaração feita há algumas semanas, em que diz que a presidente Dilma deveria renunciar, sem falar ainda, no motivo da primeira vetação e, sendo ele um membro do "exército" do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, declaradamente oposicionista ao governo de Dilma Roussef, pode ser mais um empecilho para a escolha do seu nome.

Vídeo em que Manoel Júnior, notadamente em tom de oposição ao governo Dilma, diz que a presidente deveria renunciar:


A escolha fica nas mãos da predisente Dilma, que segundo informações, tem três nomes de deputados indicados pelo PMDB para o cargo, que são: Saraiva Felipe (MG) - segundo informações já vetado pela presidente -, Marcelo Castro (PI) e Manoel Júnior (PB), que, segundo informações de auxiliares e assessores da presidência, divulgadas em jornais de circulação nacional, o paraibano é o que conta com a maior simpatia da petista, apesar da recente mudança de postura, aliando-se a Eduardo Cunha na oposição na Câmara dos Deputados. 

Será que o deputado mudou de opinião? 



Nenhum comentário:

Postar um comentário